6 comentários:
De Afonso Loureiro a 23 de Fevereiro de 2010 às 15:53
Sentir a chuva na cara, andar à chuva e molhar-me para lá de molhado é coisa que adoro, mas que me faz sentir incompreendido quando me relembram do guarda-chuva, objecto pelo qual não tenho a menor estima ou respeito e ao qual julgo se aplicar melhor o termo Pinguço, como fazem as gentes do Norte, que quase rima com gato-pingado.

Chuva na cidade e chuva no campo, com os sons e cheiros que se recordam, correr à chuva, ficar parado só a olhar para cima e sentir as gotas na cara... tenho saudades dela...

Nos meus tempos de faculdade várias vezes fui chamado de maluco por ir de calções e t-shirt o ano inteiro, chegando muitas vezes todo molhado. Nem sabiam o que perdiam.
De L. a 23 de Fevereiro de 2010 às 15:56
Como eu compreendo... :)
De Olga S. a 23 de Fevereiro de 2010 às 16:49
L. ,
é tão fácil gostar de ti. :)
De L. a 24 de Fevereiro de 2010 às 14:56
Não sei fazer um smile a corar. :) Obrigada. :)
De Rita a 24 de Fevereiro de 2010 às 11:37
Há lá coisa melhor q andar à chuva?!?! Duvido, e se há eu não conheço, aliás é a única razão que me faz considerar ser operada para deixar de usar óculos!!!!
De L. a 24 de Fevereiro de 2010 às 15:02
Conheço algumas coisas ao mesmo nível... Mas poucas! :)

Comentar