Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

.Partir

Victor Ruiz Caballero - Reuters

 

Lisboa, para mim, sempre foi sinal de vida, de sorrisos, de coisas boas. O tio Xico Vieira chegou cá na passada quarta-feira à procura do mesmo. Que lhe devolvessem a vida, o sorriso, para regressar à aldeia onde deixou coisas boas. Ontem acabou por falecer na sala de operações. O tio Xico Vieira falava muito alto, tirava sempre a boina para me cumprimentar e achava que eu ia ser a melhor jornalista do mundo. Não vai regressar ao monte, nem aos braços da tia, onde chegou há mais de 50 de anos e de onde não tinha partido mais. E ela chorava, gritava, numa angústia que se entranhou nos que a rodeavam e que não nos larga. Porque percebemos ali que pior do que ver morrer alguém de quem gostamos muito é ver morrer uma parte de nós.

 

Estou:
L. às 12:14
link | comentar | favorito
2 comentários:
De .Entre o Aqui e o Ali a 9 de Outubro de 2009 às 15:31
Estou sempre aqui.. sempre que precisares..

:*
De Olga S. a 9 de Outubro de 2009 às 17:21
Não posso deixar de lamentar a sua perda, mas a vida é mesmo assim e todas as coisas que acontecem não são por acaso.
Se perguntarem pelo tio Xico Vieira ,diga que ele voou para longe ,mas para perto do coração daqueles que o amam.
A sua força é maior do que imagina.

Comentar

.Eu

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Agora

. .Feliz Natal e um 2019 ch...

. .Das mães

. .Hoje

. .2

. .Hoje morreu um homem bom

. .Ela

. .22

. .Dos fins de semana bons ...

. .Adeus, Inderal! [com ima...

. .O batizado da Aurora

. .A caminho dos 19

. .A queda

. .I'm sixteen going on sev...

. .O nosso ovo

. .Da culpa

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo

blogs SAPO

.subscrever feeds