Sábado, 1 de Setembro de 2007

.Sair de mim

 

Ontem fui a uma entrevista de emprego, no mínimo, diferente. Fui sujeita a um questionário daqueles que parecem saídos de um qualquer revista de adolescentes (saudades...). "Defina-se em não sei quantas palavras. Diga o seu maior defeito.  E a sua melhor qualidade. De 1 a 10, qual é a sua necessidade de dinheiro? Abdicaria das suas 1001 actividades para iniciar este projecto? O que gosta mais de fazer?". As respostas iam fluindo, com algumas gargalhadas não muito próprias para a altura, a mostrar a minha surpresa ou a minha inexperiência. Mas, nesta última pergunta, parei para pensar. Não sei. Ir ao Alentejo ao fim-de-semana? Partilhar as novidades da semana com os pais? Sair com a mana? Matar saudades dos amigos? Lanchar com os avós? Dar catequese aos meus meninos? Dançar pelos braços do Carlitos nas nossas actuações? Os jantares das amigas todos os meses? Os momentos de partilha com o Carlos? ... Pensei que não podia partilhar todos estas minhas fontes de energia com alguém que ia querer de mim apenas um texto de dois mil caracteres sobre o ensino superior por mês. E, depois, sem medo, a resposta saiu. "Ler". A surpresa invadiu-lhe o rosto, como se eu fosse um extraterrestre acabado de aterrar ali. "Pode explicar-se?". Como explicar a alguém que queria apenas avaliar-me que nada nos torna mais livres do que ler? Viver histórias, conhecer sítios, pessoas, sonhar... sem levantar os pés do chão. Como dizer-lhe que não consigo estar bem até devorar um livro por completo? Que sinto as personagens chateadas comigo enquanto estão arrumadas na mala, à espera que lhes dê vida? Respondi-lhe apenas "porque me permite sair de mim". E saí dali, entrei no carro até ao fórum e não consegui começar as compras sem antes tirar o livro debaixo do banco, espreitar só uma página muito rápido e mergulhar na Grande Guerra. Entrar na pele de Agnes e ajudar Afonso, que já chamava impaciente por mim...

Estou:
Lá fora: os pássaros do sul...
L. às 15:24
link | comentar | favorito
14 comentários:
De estetipodegajos a 1 de Setembro de 2007 às 18:02
LOL. Pensar, é um corpo estranho. aliás, a maioria das pessoas, pura e simplesmente, nem sequer pensa.
De sin a 1 de Setembro de 2007 às 18:27
Olá boa tarde :)... Criei um blog na conta sapo á poukito tempo, e estava ainda a pesquisar como funciona isto, não era o sistema a que estava habituada no blogspot mas pronto, encontrei o teu blog em destaque, decidi entrar e espreitar, muitos parabéns :)... Tens um blog muito simpático :)... Continua :)... Beijinho
De miguelns1967@gmail.com a 1 de Setembro de 2007 às 21:14
Ola L.

nao te assustes :) pq nao passo de um estranho ,mas dps de "devorar" tudo o que escreveste tenho um desabafo a fazer :))

é muito facil gostar de ti , da forma como te expressas, do teu otimismo, da tua simplicidade e da tua ternura com as palavras e com aqueles de quem gostas.

és uma pessoa com Alma e Coração, desejo-te as maiores felicidades ***

De Luís Silva a 1 de Setembro de 2007 às 21:46
Descobri hoje o teu Blog, parabéns! Continua!
De http://con-tradicoes.blogspot.com/ a 1 de Setembro de 2007 às 22:10
Graças aos destaques do Sapo, descobri o teu blogue e gostei bastante do que li.
Parabéns daqui do Alentejo :)
De Sandra Gonçalves a 2 de Setembro de 2007 às 01:52
Oi! Vi o teu blog em destaque no sapo e vim dar uma espreitadela! Só para dizer k adorei a forma como expões os teus pensamentos... Concordo ctg, ler um livro é um dos melhores momentos de liberdade criativa k nos inspira e nos faz sonhar! PARABÉNS
De Nelson Roque a 2 de Setembro de 2007 às 14:06
O blogue está bem girinho… visita o meu.
Nelson Roque 360 –> Um blogue para todos -- > PlayStation 4 vs. Xbox 720
http://nelsonroque360.blogs.sapo.pt
De kaska a 2 de Setembro de 2007 às 20:09
Parabéns pelo destaque no sapo.
O blog está muito bom, continue.
Cumprimentos
Kaska
De tasha a 3 de Setembro de 2007 às 09:32
Máximo!
Como explicar o inexplicável? Também percebo a leitura como primeira paixão, desabafo, viagem... Pena é ver cada vez mais pessoas preguntar "Pode explicar-se?"
Parabéns pelo blog
De a... amarante a 3 de Setembro de 2007 às 09:53
Em dias como os de hoje a tua "alma" é uma benção. A relação com os livros, que sem dúvida são como irmãos, amigos, sonhos que nos fazem sentir bem ou pelo menos sentir, e nos fazem ter a certeza que, apesar das contrariedades que nos aparecem atrás duma secretária, nós estamos vivos! Senta-te na areia da praia num Verão ao fim da tarde e olha o horizonte. Ficarás surpreendida com o que te entrará olhos a dentro!...

Comentar

.Eu

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Agora

. .Feliz Natal e um 2019 ch...

. .Das mães

. .Hoje

. .2

. .Hoje morreu um homem bom

. .Ela

. .22

. .Dos fins de semana bons ...

. .Adeus, Inderal! [com ima...

. .O batizado da Aurora

. .A caminho dos 19

. .A queda

. .I'm sixteen going on sev...

. .O nosso ovo

. .Da culpa

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo

blogs SAPO

.subscrever feeds