Sábado, 10 de Dezembro de 2011

.Chatices

Ficámos mais um bocadinho com os pais e a mana depois do jogo para aproveitar a companhia e as bifanas. Depois corremos para apanhar o metro, que já assinalava a partida, até Entrecampos, onde deixámos o carro para fugir da confusão. Um carro parou de repente à nossa frente e conseguimos ultrapassá-lo para virar no desvio logo à direita. E, nesse instante, um táxi saiu do estacionamento sem olhar para trás e arrastou o nosso carro. A avó T. é que tem razão, as coisas que têm de nos acontecer encontram-nos onde tiver de ser, faça lá a gente o que fizer. Tivesse eu saído logo do estádio, ou deixado o carro mais perto, ou esperado que o carro da frente arrancasse ou ainda tivesse seguido em frente sem ligar ao desvio, e ainda assim talvez este táxi nos tivesse encontrado numa qualquer rua de Lisboa. Há quem lhe chame destino. A avó T. chama-lhe "o que tem de acontecer". Eu chamo-lhe chatices.
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

.Show de bola

 

Não sei como começou. Talvez através do meu pai. Era mais um assunto de conversa. De partilha. Mais um elo de ligação. Só depois percebi que era mais do que isso. Era/é qualquer coisa mais forte. Que me levava a comprar uma gamebox longe de todos e assistir a todos os jogos sozinha. Normalmente vou de metro. Ao lado daqueles que partilham o meu caminho. Vão de cachecóis, de camisolas. Eu prefiro passar incógnita. Continuo a impressionar-me com o estádio. A descobrir coisas novas sempre que lá vou. A descobrir um novo ângulo. Sei que não percebo tudo. Sei quem são os jogadores. Os seus nomes. A equipa técnica. O presidente. Sei quando há fora de jogo. Faltas (nem sempre os meus conceitos são semelhantes aos do árbitro). Descubro o significado de "roer as unhas" em todos os jogos. Crio ligações com as pessoas que me rodeiam. Os gritos, os abraços quando é golo. As palmas que quase parecem ensaiadas. Ali, na central bem lá no alto, nem sempre os distingo todos. Percebo as suas posições mas continuo a não tirar conclusões como as que leio depois nos jornais. Chego a dizer asneiras quando teimam em chutar para a frente e não levar a bola pelo chão só por um bocadinho. Levanto-me quando estou indignada. E chego a tremer quando a bola se aproxima da nossa baliza. Ontem lá estive... E, mais uma vez, tirei uma lição de vida de um jogo de futebol... Não devemos ter nada como adquirido. É que, mesmo aos 89 minutos, quando tudo parece ganho, não são só os adversários que nos podem ferir. Somos nós próprios que estragamos a nossa felicidade. Estou "imprimida". E não adianta tentarem convencer-me de que é só um jogo...

Estou:
Lá fora: "És a nossa fé, força Sporting alé, alé..."
tags: ,
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

.God save the lion (or not)

 

 

Tenho para mim que o Sporting perdeu apenas porque eu estava lá. Pior, porque eu 'pertenço' à equipa. Durante todos os anos em que assisti aos jogos no lado dos pobres (vulgo lateral), na maior parte das vezes com o Tuto , ainda vi uns quantos jogos serem ganhos. Até um contra o Manchester , em que o puto correu como se não houvesse amanhã e no dia seguinte lá foi ele recambiado para Inglaterra. Mas, agora, desde que finalmente passei para a central, tudo se alterou. Não nasci para ser rica, está visto. Cheguei ao estádio dividida. Era uma grande equipa, sim, mas a Maya adiantou-me que a minha hora mais favorável seria das 20 às 22 horas, o que me deu alguma esperança. A companhia, logo para começar, não foi nada agradável. Encontrei o cromo número dois da semana, com larga vantagem sobre o sr.-ucraniano-com-dentes-de-ouro . Equipado da cabeça aos pés, máquina fotográfica e apito ao pescoço (descobri que aqueles barulhinhos constantes durante o jogo não são assobios, são apitos - ainda bem, sentia-me sempre mal porque não sei assobiar). Continuando. Sentou-se, disse "boa noite" quando ainda estava um sol que nem nos deixava olhar para a frente, com um sotaque bem nortenho, e começou. Que eu estava muito tímida, não ajudava a equipa, não saltava, não batia palmas e não agarrava a bandeira. Tentei explicar que estava ao telemóvel, não resultou. Agarrou na minha bandeirita e "menina agarre nessa ponta que eu ajudo". Parece que isto da "menina" virou moda. Lá chegou o meu paizito para a fila da frente e o cromo-2 percebeu que a "menina afinal não está sozinha" e acalmou. Mas lá continuou a apitar e a filmar todas as jogadas do Manchester , não fossem eles marcar um golito e ele não estar preparado.

Aproveito para desabafar toda a raiva que sinto pelo Cristiano Ronaldo. E não quero ouvir (ler) críticas. Atirou-se para o chão, marcou um golo (foi aplaudido por toda a gente de pé, meu Deus...) e ainda ficou um monte de tempo a agradecer as palmas no meio do campo quando foi substituído. Amigo, e que tal deixar-nos jogar?  Faltavam cinco minutos, ainda havia tempo. Qual quê... E o Nani ? Estava possesso. Queria mostrar serviço à força toda, escondia a bola na altura de a repor em jogo só para ganhar tempo. Ando uma pessoa a criá-los para isto. Confesso que, depois de ver a primeira parte, acreditei que era possível chegar ao golo. Nada. Até roí as unhas pela primeira vez. Houvesse mais Miguéis Veloso e Liedsons naquele campo e talvez se tivesse feito alguma coisa. Não consigo perdoar o Paulo Bento por ter deixado o Djaló lá dentro, não ter tirado o lento-mais-lento-não-há-Romagnoli mais cedo e ter feito entrar o Pereirinha, que nem pode com a bola. Opções.

Saí da lá a acreditar piamente que o Cristiano também é caranguejo. E que também leu a Maya . Mas com uma diferença: ele acreditou. Pude constatar ainda que, naquele estilo cabelo-laranja-pele-branco-líxivia, até há uns 'inglesitos' engraçados. E que, por mais que prometa que não volto ao estádio, lá me arrasto porque não vivo sem um 'futebolzito' na minha vida. Domingo há mais. Que venha o Vitória de Setúbal, é desta que mostramos a nossa raça.

Estou:
Lá fora: "Só eu sei porque não fico em casa..."
tags: ,

.Eu

.pesquisar

 

.Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Agora

. .Chatices

. .Show de bola

. .God save the lion (or no...

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo


View My Stats
blogs SAPO

.subscrever feeds