Quarta-feira, 28 de Setembro de 2016

.Das mães

Não sou especialmente fã de ténis, nem de Nadal. Vi este vídeo por acaso. Acho que quem é mãe consegue perceber aquele desespero - pode durar segundos, horas, mas parece uma eternidade. Não saber de um filho é, provavelmente, das coisas mais horríveis e assustadoras do mundo. Ver aquele abraço entre as duas, mãe e filha, no final, a chorar, mexeu comigo, fez-me chorar também. Compreendi, tão bem, o que se passava ali, no coração das duas. A sorte, tanta sorte, daquelas duas. As promessas, os desejos, os medos ainda ali ao lado. Por acaso também, vi os comentários. E a culpa, para variar, é sempre da mãe. Raio de mundo este em que se culpam as mães por tudo. A mãe - tenho a certeza que não havia outra pessoa que aquela miúda assustada quisesse abraçar naquele momento. As mães não são perfeitas, não fazem tudo bem - mas tentam, todos os dias. Sei disso tão bem.<

/p>

tags: ,

.Eu

.pesquisar

 

.Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Agora

. .Das mães

. .Hoje

. .2

. .Hoje morreu um homem bom

. .Ela

. .22

. .Dos fins de semana bons ...

. .Adeus, Inderal! [com ima...

. .O batizado da Aurora

. .A caminho dos 19

. .A queda

. .I'm sixteen going on sev...

. .O nosso ovo

. .Da culpa

. .A pior do mundo

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo


View My Stats
blogs SAPO

.subscrever feeds