Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011

.A infância

No outro dia, no Alentejo do Z., a conversa foi parar à nossa infância. Aos pais, à educação, aos traumas que nos acompanharam pela vida fora. Fui ouvindo as reclamações do Z. e da prima, eles que tinham ali os pais presentes, e fui pensando em mim. Pensei, pensei, e percebi que sempre fui realmente feliz. E que a culpa disso é da minha família. Fiquei até orgulhosa quando ouvi o Z. dizer no outro dia aos meus avós que desde que está comigo passou a dar mais valor à família dele e ao tempo que passa com ela - ele que acompanha as minhas correrias de fim-de-semana para visitar todos nem que seja por cinco minutos antes de irmos para a semana de trabalho. Tivemos problemas, zangas, chatices, coisas menos boas, como em todas as famílias, mas traumas nem um. Fizemos aquilo que sabemos melhor, ser uma família, e resolvemos as coisas mais ou menos no momento. Sei que fui uma criança e uma adolescente feliz – que resultou naquilo que sou hoje. Os pais não disseram sim a tudo, não fizeram tudo o que eu queria, também deram algumas palmadas, e tudo isto foi preciso. Sei também que disseram sim e fizeram coisas que talvez não parecessem bem aos outros, e só a nós. Não houve padrões, houve análises caso a caso – “a tua liberdade depende de ti e só de ti, é o teu comportamento que pode ditar o que fazes, o que és e onde vais”, disse-me o pai tantas vezes. E esta frase, assim como tantas que me disseram e continuam a dizer, fizeram de mim o que sou hoje. Sei que deve haver muita gente por aí a dizer que tem os melhores pais do mundo, mas tenho a dizer-lhes que só podem estar enganados. É que os melhores, não tenho duvidas, são os meus.

 

Há muitos anos atrás, há mais de vinte, a Zi., uma amiga, fez um trabalho para a faculdade em que me usou como ‘modelo fotográfico’. O trabalho veio parar às minhas mãos no outro dia e quase todos lá em casa deixámos cair uma lagrimita ao vê-lo. Ao ver estas fotos não tive dúvidas – fui mesmo uma criança feliz (e na moda!).

 

(Tenho andando meio ausente daqui, um dia destes explico porquê)

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário:
De mina jesus a 7 de Dezembro de 2011 às 23:36
Que fofinhas as fotos.A boneca era maior que tu.
Beijinho

Comentar

.Eu

.pesquisar

 

.Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Agora

. .Das mães

. .Hoje

. .2

. .Hoje morreu um homem bom

. .Ela

. .22

. .Dos fins de semana bons ...

. .Adeus, Inderal! [com ima...

. .O batizado da Aurora

. .A caminho dos 19

. .A queda

. .I'm sixteen going on sev...

. .O nosso ovo

. .Da culpa

. .A pior do mundo

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo


View My Stats
blogs SAPO

.subscrever feeds