Quinta-feira, 10 de Março de 2011

.Há sempre uma primeira vez...

...para gostar de Pedro Abrunhosa.

 

 

A porta fechou-se contigo

Levaste na noite o meu chão

E agora neste quarto vazio

Não sei que outras sombras virão

E alguém ao longe me diz

 

Há um perfume que ficou na escada

E na TV o teu canal está aberto

Desenhos de corpos na cama fechada

São um mapa de um passado deserto

Eu sei que houve um tempo em que tu e eu

Fomos dois pássaros loucos

Voamos pelas ruas que fizemos céu

Somos a pele um do outro

 

Não desistas de mim

Não te percas agora

Não desistas de mim

A noite ainda demora

 

Ainda sei de cor o teu ventre

E o vestido rasgado de encanto

A luz da manhã e o teu corpo por dentro

E a pele na pele de quem se quer tanto

 

Não tenho mais segredos

Escondi-me nos teus dedos

Somos metades iguais

Mas hoje só hoje

Leva-me para onde vais

Que eu quero dizer-te

 

Não desistas de mim

Não te percas agora

Não desistas de mim

A noite ainda demora

 

E não desistas de mim

Não te percas agora

Lá fora: "Não gostei do que li..."
tags: ,

.Eu

.pesquisar

 

.Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Agora

. .Das mães

. .Hoje

. .2

. .Hoje morreu um homem bom

. .Ela

. .22

. .Dos fins de semana bons ...

. .Adeus, Inderal! [com ima...

. .O batizado da Aurora

. .A caminho dos 19

. .A queda

. .I'm sixteen going on sev...

. .O nosso ovo

. .Da culpa

. .A pior do mundo

.Ontem

.tags

. todas as tags

.Mundo


View My Stats
blogs SAPO

.subscrever feeds